Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

My Cherry Lips

O "My Cherry Lips" é um blog de moda, beleza e lifestyle, onde partilho convosco tudo o que gosto e que faz parte do meu dia a dia.

Qua | 17.09.14

Preparar o Outono / Inverno: as roupas que eu escolhi

No dia em que comecei o meu estágio profissional avisaram-me logo que não iam ficar com nenhum dos estagiários, por isso todos os meses fui poupando um dinheiro para comprar as coisas que me faziam falta há muito tempo. Compradas essas coisas coisas, pagas as contas e pondo de parte o valor que estipulei a mim própria poupar todos os meses, sobrou dinheiro para roupa, coisa que já não comprava há muito tempo. A certa altura já evitava mesmo entrar em lojas da roupa para nem ter pensamentos consumistas. Assim, conheci as lojas de roupa online que normalmente têm grandes promoções, portes grátis ou acima de alguns valores e, o melhor, não vêm 2000 pessoas vestidas com o mesmo casaco ou vestido.

 

Hoje, mostro-vos as peças que fui reunindo nos últimos meses e algumas dicas de peças essenciais no nosso vestiário para estarmos preparadas para o dia a dia e para as entrevistas de emprego.

 

CASACOS 

 

No ano passado comprei um casaco deste género online, mas como era grande para mim ofereci-o à minha mãe. Assim, quando vi este casaco da Sheinside foi amor à primeira vista e desta vez comprei o meu tamanho (eheheh). Um casaco quentinho, mas que não seja demasiado é sempre uma peça essencial, porque pode ser conjugado com umas calças ou um vestido mais leve e nunca nos deixa mal.

 

Ah, esta também foi a primeira vez que encomendei na Sheinside e veio tudo direitinho. O casaco veio bem acondicionado e o material é de boa qualidade. Recomendo!

 

Também vale a pena termos um casaco mais leve para usar como uma espécie de blazer / bolero, pois vamos poder usá-lo com saias, calças ou mesmo vestidos. Como já devem ter reparado eu escolho sempre tons escuros (maioritariamente negros) porque dão com todas as cores e padrões. Para além disso, não se sujam tanto. Este casaco é da Romwe e é engraçado porque atrás é feito em malha e à frente é feito em napa (nada de usar peles de animais!).

 

BLUSAS / CAMISAS / CAMISOLAS

 

 Camisa: Romwe

 

Como eu não gosto de camisolas de lãs nem coisas que me piquem o pescoço, escolhi umas camisas e blusas mais leves, que conjugadas com um bom casaco de Inverno não me vão deixar passar frio. A primeira é mais para uma saída com amigas ou um encontro informal, as outras duas são perfeitas para usar no trabalho / universidade porque são simples, mas combinadas com uns acessórios mais vistosos funcionam bem. 

 

 Blusa: Romwe

 

 Blusa: Romwe

 

VESTIDOS

Finalmente, os vestidos, as minhas peças de roupa favoritas. Já declarei aqui imensas vezes o meu amor aos vestidos e confesso que no Inverno quase só uso vestidos. Primeiro, porque gosto de usar collants, segundo, porque quando chove e molhas as pernas seca mais rápido que umas calças de ganga, terceiro, de manhã perdemos muito menos tempo a vestir-nos.

 

Este vestido é da Persunmall e tem um padrão xadrez que eu gosto muito, pois lembra-me os colégios britânicos.

 

ACESSÓRIOS

Quanto a acessórios, escolhi esta carteira vermelha da Tidestore (http://www.tidestore.com/product/Fascinating-New-Arrival-Simple-But-Elegant-Pu-Womens-Tote-Bag-10858268.htm) porque dá com a maioria das minhas roupas e é semi formal, ou seja tanto posso usá-la no trabalho como numa saída à noite. Para além disso, tem espaço para a tralha toda. 

 

Também foi a primeira vez que encomendei na Tidestore, o único problema que tive foi mesmo a carteira ter ficado presa na Alfândega, mas imprimindo um cópia do site rapidamente me deram a minha carteira e não tive de pagar nada de taxas.

 

 Carteira: Front Row Shop

 

Esta é uma daquelas carteiras perfeitas para sair ou para uma roupa mais informal. É certo que é um bocado tchan porque andamos com um nuvem ao ombro, mas quando a vi não resisti. Para além disso tem dois lados: um branco e um preto, é como ter duas carteiras.

 

 

Este ano decidi desafiar-me e vou usar uma boina. Quando era criança tinha uma boina vermelha (lembro-me da boina, mas não me lembro de a usar) que a minha mãe dizia que era muito gira e que me ficava muito bem. Pensando nisso decidi arriscar e comprar esta boina da Front Row Shop e incorporar o espírito francês (se eu não vou a Paris, espero que esta boina traga um pouco do estilo francês ao meu dia a dia). 

 

 

Para usar com vestidos num estilo mais indie rock, comprei este chapéu da Romwe, que aposto que vai andar comigo para todo o lado.

 

BIJUTARIA

 

Por último e como eu não sou de usar muita bijutaria aqui ficam umas peças chave para dar um toque mais especial aos coordenados. 

 Brincos: Romwe

 

 Brincos: Romwe

 

 Anel: Romwe

Graziela
Ter | 16.09.14

Nos últimos dias

 Fotos: Graziela Costa

 

Nos últimos dias não tenho parado. A minha rotina diária passa por responder a anúncios de emprego, fazer candidaturas espontâneas, trabalhar no blog, participar em passatempos, estar com o meu namorado, brincar com a Júlia (ainda que ela pareça um pouco aborrecida na foto) e o resto do tempo tenho aproveitado para ir a eventos. Na sexta, como se lembram postei a ante estreia grátis do "True Blood" no MOTELx, mas dias antes, eu tinha concorrido e ganho convites para esse evento só que com acesso a cocktail.

 

Mal chegámos ao Cinema São Jorge, demos conta que esta edição do festival de cinema de Terror de Lisboa tinha gelados grátis. Ora lá fomos nós provar os gelados Finzi (gelado à borla nunca se dispensa eheheh). É engraçado como de ano para o ano o MOTELx tem crescido tanto. Lembro-me que na primeira edição éramos poucos os curiosos deste género de cinema, mas actualmente este festival atrai cada vez mais público. Confesso que este ano só fui mesmo a esta sessão, mas agora que voltei a estar desempregada cada tostãozinho gasto é sempre bem ponderado, por isso não dá para tudo. 

 

Estou bastante ansiosa por saber o que vem aí na nova temporada do "True Blood" e tenho a dizer que este evento do Canal MOV foi altamente, porque mesmo quem não tinha acesso ao cocktail, quando chegava à sala tinha à sua espera um pacote de gomas em forma de dentes de vampiro e acho que gomas no cinema é sempre uma daquelas coisas bem agradáveis.

 

Neste fim de semana fui também ao Museu do Oriente (mas, sobre isso irei falar noutro post até porque ser turista em Lisboa é uma temática que quero desenvolver nos próximos tempos no blog) e aproveitei os pontos que tinha do telemóvel para ir ver o Sporting x Belenenses. Não é que seja uma adepta ferrenha, até porque esta foi apenas a segunda vez que vi um jogo do Sporting no estádio, mas gosto de ver as pessoas a irem para o estádio, a gritarem durante o jogo e desta vez até levei a máquina pequena para poder registar esses momentos.

 

Já esta semana a rotina repete-se, mas a ideia em arranjar tantas actividades para fazer é mesmo para não ficar deprimida, coisa que me acontece bastante quando não tenho nada para fazer e fazendo as contas não gastei dinheiro nenhum para ir a estas actividades. Por isso quem disse que uma desempregada não pode sair com os amigos e divertir-se?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Graziela
Seg | 15.09.14

Porque o sol ainda vai voltar: Bioderma Photoderm Après-soleil

 Foto: Graziela Costa

 

Sei que o tempo lá fora não condiz com o tema do qual vos venho falar hoje, mas ainda assim é algo importante. Normalmente, quando vamos para a praia só nos lembramos de colocar protector solar, mas o que costuma acontecer é que quando voltamos para casa tomamos banho e nem nos lembramos de pôr um creme que hidrate bastante a nossa pele, que devido à exposição solar fica mais sensível. Por acaso, desde pequena que quando ia à praia com os meus primos e tios, eles sempre fizeram questão que puséssemos um creme pós solar quando voltávamos da praia. 

 

Recentemente, fiquei a conhecer o Bioderma Photoderm Après-soleil, pois apesar de ser consumidora de outros produtos da marca este não conhecia. Ao experimentar fiquei bastante surpreendida com o seu cheiro, não é muito intenso como habitualmente são os produtos solares (eu sou um bocado esquisita com isso e já deixei de usar produtos, porque o cheiro era demasiado intenso). Para além disso, este creme tem uma textura bastante fina, mas é enriquecido com emoliente (o que é bom, porque não gosto de vir da praia e colocar um creme tão grosso que parece que estou barrada em manteiga) e contém ingredientes activos calmantes, descongestionando a pele depois da exposição solar e ajudando a prolongar o bronzeado.

 

Bioderma Photoderm Après-soleil existe em dois formatos: 200ml e 500ml. Destina-se a peles desidratadas, sobreaquecidas ou com queimaduras solares e pretende reduzir a escamação. No meu caso, nunca fiquei com a pele escamada, mas ajuda bastante a hidratar.

 

O tempo pode já não ser de praia, mas quem sabe o Sol não volta e ainda temos uma oportunidade de lá ir, por isso em parceria com a Bioderma tenho uma embalagem de Photoderm Après-soleil para vos oferecer. Basta preencherem as entradas do formulário abaixo (atenção, que há entradas obrigatórias e se não as cumprirem serão desclassificados).

 

Este passatempo só é válido para residentes em Portugal e termina a 28 de Setembro à meia noite.

 

Boa sorte!

 

a Rafflecopter giveaway

Graziela
Sab | 13.09.14

Novo experimente grátis: Toalhitas anti transferência de cor Vanish

Foto: Pat Cast

 

Vi este experimente grátis no blog Descontos e decidi partilhar convosco.

 

- promoção valida até 31 de Outubro;

- limitado ao reembolso, por transferência bancária, de uma embalagem por participante e por lar às primeiras 1000 participações válidas.

 

Já agora, vejam mais experimente grátis a decorrer aqui, aqui e aqui.

 

Graziela
Sex | 12.09.14

True Blood - Season 7 em ante estreia grátis no MOTELx

Hoje, 12 de Setembro, às 22h, o MOTELx recebe “Jesus Gonna Be Here”, o primeiro episódio da 7.ª temporada de True Blood. A ante estreia tem entrada livre (Bilhete obrigatório, levantamento no próprio dia na bilheteira do Cinema São Jorge. Limitado a dois bilhetes por pessoa e sujeito à lotação da sala.) e acontece no Cinema São Jorge (Lisboa).

 

Criada e produzida por Alan Ball, com base na série de romances de Charlaine Harris, “True Blood” desenvolve-se em torno das relações entre vampiros e humanos, numa pequena cidade da Luisiana. A personagem central é Sookie Stackhouse, interpretada por Anna Paquin, uma empregada de bar com poderes telepáticos que se apaixona pelo vampiro Bill.

Graziela