Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

My Cherry Lips

Um blog sobre moda, beleza e lifestyle, onde partilho convosco tudo o que gosto e que faz parte do meu dia a dia.

Ter | 26.03.19

Restaurantes - Charlie Bistrô

Charlie_Bistro-017134.jpg

Fotos: Graziela Costa e Gerson Fialho

 

Depois de uma semana daquelas o que faz falta é um belo brunch e muita conversa, e foi isso mesmo que eu e o meu amigo Gerson fizemos antes de ele ir de viagem (já estou a morrer de saudades dele). Fomos experimentar o brunch do Charlie Bistrô, um cafezinho com ar bem pariense junto à Avenida da Liberdade, em Lisboa.

 

Como uma decoração bem moderna e "instagramável", o Charlie Bistrô tem à escolha dois tipos de brunch: o Charlie e o English Breakfast, ambos super bem servidos e que davam na boa para duas pessoas, mas como nós não somos de meias medidas pedimos um para cada e assim pudemos andar a provar dos dois. Pães de queijo, panquecas de banana, croissants mini, doce de morango, doce abóbora, manteiga, queijo fresco, flamengo, ovos mexidos, iogurte com frutas, granola e mel, sumo manga e maracujá, pão torrado, bolo, baked beans, salsichas texanas, cogumelos, salmão fumado, sopa de couve flor e chá, foi tudo o que provámos e adorámos.

 

De destacar: as panquecas irresistíveis, o sumo que sabe mesmo a fruta fresca e a sopa de couve flor bem aveludada. Também o serviço foi rápido e os funcionários simpáticos, por isso sim vale a pena voltar e para quem quiser saber quanto vai gastar, o brunch Charlie custa 15 euros e o English Breakfast 12 euros. Preços razoáveis dada a quantidade de comida e localização do espaço.

Charlie_Bistro-017107.jpg

Lembra ou não lembra Pais?

Charlie_Bistro-017080.jpg

Charlie_Bistro-017074.jpg

Charlie_Bistro-017076.jpg

Charlie_Bistro-017077.jpg

Charlie_Bistro-017072.jpg

Charlie_Bistro-017073.jpg

Charlie_Bistro-017174.jpg

Charlie_Bistro-017175.jpg

Charlie_Bistro-017089.jpg

Ai este sumo era uma perdição

Charlie_Bistro-017113.jpg

English Breakfast

Charlie_Bistro-017120.jpg

Charlie

Charlie_Bistro-017131.jpg

Charlie Bistrô Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Graziela
Qua | 20.03.19

Recriei uma receita do Pop Cereal Café

Receita-017653.jpg

Fotos: Graziela Costa

 

Há uns meses fiz uma review do Pop Cereal Café Lisboa e foi um sucesso. Tanto que, a minha mãe depois de ver as fotografias quis ir lá. No entanto, como não estava fácil voltar a Lisboa decidi levar os cereais até é ela e assim recriei uma das receitas deste café: os Frootloopers.

 

Ora, os Frootloopers são uma taça com cereais bem colorida, com fruta desidratada, gelado, gomas e topping de morango. A sua montagem é super simples, mas o segredo está nos ingredientes, por isso aqui fica a receita.

 

Ingredientes

27g de Frootloops da Kelogg's (podem encontrar estes cereais à venda no Pop Cereal Café)

1 iogurte natural (usei um da Agros)

Morangos desidratados (Frubis)

Marshmallows (Lidl)

Topping de morango (Vahiné)

1 biscoito ou bolacha (neste caso usei um biscoito caseiro de amêndoa)

 

Preparação

1- Batam o iogurte até ficar cremoso e deitem numa taça.

2 - Cubram com cereais.

3 - Esmigalhem os morangos e polvilhem por cima dos cereais.

4 - Decorem com as gomas e o biscoito.

5 - Deitem o topping de morango.

6 - Adicionem uma bola de gelado se desejarem.

 

Por último: deliciem-se, mas não se esqueçam de depois irem treinar porque isto é uma bomba calórica!

Receita-017640.jpg

Os ingredientes utilizados

Receita-0105.jpg

Receita-017645.jpg

Yummy

Receita-017648.jpg

Graziela
Seg | 18.03.19

Cinema de hoje - Miss XL

Miss_XL_Poster.jpg

Ser gordo durante a época do liceu é duro, eu que o diga, mas "Miss XL" mostra-nos, que independente do peso todos nós somos capazes de fazer seja o que for. Ora, a história de "Miss XL" passa-se numa pequena cidade do Texas é protagonizada por Willowdean Dickson (Danielle Macdonald), uma pela jovem que vive diariamente problemas de bullying devido à sua imagem. Na escola é complicado, mas a pressão imposta pela mãe, Rosie (Jennifer Anniston), uma antiga rainha de concursos de beleza, que trata a filha por Dumplin ("pote") ainda ajuda menos.

 

Com o objectivo marcar uma posição e aborrecer a mãe, Willowdean inscreve-se no concurso de beleza para adolescentes organizado por Rosie. No entanto, para seu espanto, outras raparigas se juntam a ela para participar nesta “revolução de saltos” e mostrar ao mundo que a beleza vem de dentro.

 

Graças à ajuda das novas amigas, Willowdean e Rosie vão aprender a ultrapassar as diferenças, e confirmar que Dolly Parton estava certa quando disse que “se queres o arco-íris, tens de aguentar a chuva”.

 

A história é interessante, a banda sonora top e Harold Perrineau volta a dar show como Lee Wayne / Rhea Ranged (se viram o "Romeu e Julieta" do Baz Luhrmann vão perceber o que digo) , um transformista que vai ser decisivo na jornada Willowdean.

 

Em suma: um filme para rir e se forem como eu ainda deitam uma lagrimita solidária.

 

Agora, deixo-vos o trailer e desejo-vos uma boa sessão.

 

Graziela
Qua | 13.03.19

Restaurantes - Reverse Pool & Beach Lounge

Restaurante_Reverse_Pequenas-016879.jpg

Fotos: Graziela Costa

Quem não gosta de um jantar bem romântico ou de um almoço em família/amigos com vista para o mar? Eu adoro, e por isso venho "falar-vos" sobre o Reverse Pool & Beach Lounge, um restaurante no Estoril mesmo junto ao pé da praia do Tamariz.

 

Com um ambiente acolhedor e uma decoração que mistura diversos elementos, o Reverse Pool & Beach Lounge mudou recentemente a sua carta e passou a incorporar mais "Tapas Asiáticas e Petiscos Portugueses".

 

No meu caso como era a primeira vez que ia lá, para mim era tudo novo e assim provámos alguns pratos. Começámos com os petiscos portugueses provámos, as clássicas Pataniscas de Bacalhau, bem estaladiças e sequinhas como eu gosto, depois a Trilogia transmontana, composta por três bolinhas: uma de Chévre, nozes e salsa, uma de morcela e maçã verde e outra de farinheira e pêra Rocha. Como eu não gosto muito de fruta em pratos salgados, a minha favorita foi mesmo a de Chévre, mas a consistência de todas estava excelente.

 

Seguiu-se aquele que foi o meu prato favorito: Ovos Rotos à Reverse, que conjuga chips de batata doce, beterraba, espinafres (que se notavam ser bem frescos e crocantes), ovos escalfados, farinheira e molho Caeser. Um prato que mistura ingredientes mais leves com mais fortes, mas que é mesmo mesmo saboroso.

 

Porque estávamos junto ao mar e não podíamos deixar de provar algo típico, mas com um twist asiático escolhemos a Salada de polvo com puré de ervilha e Wasabi, um prato à base de polvo, trilogia de pimentos, ervilhas, Wasabi, hortelã e bacon. Mais fresco e com uma mistura de sabores à qual não estávamos habituados.

 

Nesta altura, o estômago já começava a dar sinais de estar cheio, mas a gula era maior, por isso provámos a Salada do Chico, que não sendo um carpaccio leva rúcula, carne da vazia e tomate Cherry com molho de mostarda Dijon e malagueta. Bem interessante para comer no verão.

 

Passando aos sabores asiáticos destaque para os Papelotes do Oriente (Trouxas de Salmão/Camarão e Especiarias) e Kimuchi de Salmão (pequenas lascas de salmão salteadas na chapa). Ambos muito bem temperados e com sabor mesmo a Oriente.

 

Chegámos então à fase das sobremesas e agora o dilema era provar ou não provar: eis a questão? E como dias não são dias saltámos de cabeça para uma mousse de chocolate com abacate e mel, uma alternativa mais saudável e perfeita para vegetarianos. Entrámos em êxtase com o Crumble de manteiga de amendoim, uma sobremesa que leva fruta da época (neste caso pêra) e uma bola de gelado de banana e Jack Daniels, que é de comer e chorar por mais. Para o fim deixámos o cheesecake de coco com doce de abóbora caseiro, crumble de sésamo, bolacha torrada e mel, a sobremesa sobre a qual tínhamos mais expectativas, mas que foi a que menos apreciámos, por isso por via das dúvidas para a próxima são duas doses de crumble de manteiga de amendoim. Eheheh

 

Para ajudar a digerir tudo, um Strawberry, um cocktail com Eristoff, framboesa, lima, maçã verde, Monin Spicy e água com gás, bem docinho e que vocês também podem pedir na esplanada enquanto contemplam o mar.

Restaurante_Reverse_Pequenas-016885.jpg

Restaurante_Reverse_Pequenas-016889.jpg

Restaurante_Reverse_Pequenas-016893.jpg

Restaurante_Reverse_Pequenas-016894.jpg

Restaurante_Reverse_Pequenas-016898.jpg

Restaurante_Reverse_Pequenas-016903.jpg

Salada de polvo com puré de ervilha e Wasabi

Restaurante_Reverse_Pequenas-016907.jpg

Restaurante_Reverse_Pequenas-016910.jpg

Ovos Rotos à Reverse

Restaurante_Reverse_Pequenas-016911.jpg

Trilogia transmontana

Restaurante_Reverse_Pequenas-016923.jpg

Pataniscas de Bacalhau

Restaurante_Reverse_Pequenas-016928.jpg

Kimuchi de Salmão

Restaurante_Reverse_Pequenas-016937.jpg

Salada do Chico

Restaurante_Reverse_Pequenas-016945.jpg

Strawberry

Restaurante_Reverse_Pequenas-016949.jpg

Papelotes do Oriente

Restaurante_Reverse_Pequenas-016961.jpg

Crumble de manteiga de amendoim

Cheesecake de coco

Mousse de chocolate com abacate e mel

Restaurante_Reverse_Pequenas-016969.jpg

Restaurante_Reverse_Pequenas-016972.jpg

Restaurante_Reverse_Pequenas-016980.jpg

Restaurante_Reverse_Pequenas-016984.jpg

Esplanada

Restaurante_Reverse_Pequenas-016987.jpg

A vista

Reverse Pool & Beach Lounge Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Graziela
Ter | 12.03.19

Poupança - Como ter uma conta grátis num banco 100% online - N26

N26-Cartao.jpg

Uma das coisas que mais me pedem é que volte a escrever sobre poupança, hoje cumpro esse pedido e apresento-vos o N26. Um banco 100% online que eu descobri através de uma newsletter que recebi por parte da Glovo.

 

Ora, o N26 é um banco alemão online que opera em Portugal (existem outros como Revolut) e que através da sua aplicação podemos abrir uma conta e ter um cartão mastercard de forma grátis (também existe uma versão paga, mas eu testei a versão gratuita). 

 

Para abrirem a vossa conta só têm de fazer download da app, registarem-se, escolherem a melhor opção para vocês (eu escohi a gratuita: N26, já que a N26 Black é paga) e enviarem a fotografia do vosso cartão do cidadão.

 

Após a aprovação e passado cerca de uma semana recebem o vosso cartão físico em casa, ativam e está pronto a usar. 

 

As vantagens?

- Não tem grandes burocracias para abrirem conta, mas têm de ter mais de 18 anos;

- Não tem comissões de manutenção de conta;

- Têm direito um cartão mastercard gratuito (com cinco levantamentos em dinheiro (Euros) em qualquer ATM sem custos todos os meses);

- O cartão do N26 é aceite em todos os lugares que aceitem mastercard, sendo que os pagamentos efetuados com ele não têm custos de câmbio (ou seja, é bom para quando vão de viagem);

- Podem usá-lo para pagar em serviços como Glovo, Ubereats, Uber, Bolt (vejam neste post como ganhar códigos para viagens grátis), entre outros.

- As transferências feitas via TransferWise são gratuitas, mas também podem fazer transferências MoneyBeam apenas com endereço de email e número de telefone;

- Tem apoio ao cliente;

- Através da app N26 vocês podem bloquear ou desbloquear o seu cartão, definir as vossas permissões/limites de levantamento e fazer outras alterações de segurança (eu por exemplo limitei a 20 euros diários);

- Têm acesso a notificações em tempo real de gastos e créditos na vossa conta;

- Podem cancelar a qualquer momento;

- Só gastam o que lá puserem, por isso não há espaço para deslizes.

 

A grande novidade: ao recomendarem um amigo (o meu código é grazielc8539) ele ganha 15 euros e vocês ganham 15 euros. No meu caso, já fui ao multibanco mais próximo levantar os meus 15 euros fruto da recomendação de um amigo.

 

* Disclaimer: Este post não tem nenhum patrocínio por parte do N26 e não, eu não estou rica com códigos, até porque ainda só recomendei um amigo e esperei até ter a certeza que ambos recebíamos o nosso dinheiro para escrever este post.

 

PS: Querem mais posts de poupança? Digam nos comentários.

Graziela

Pág. 1/2