Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

My Cherry Lips

Um blog sobre moda, beleza e lifestyle, onde partilho convosco tudo o que gosto e que faz parte do meu dia a dia.

Seg | 29.10.18

Restaurantes - Café de São Bento

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7105.jpg

Fotos: Graziela Costa

 

Mesmo junto ao Palácio de São Bento encontra-se um dos restaurantes mais icónicos de Lisboa. Totalmente invisível do lado de fora, o que aguça ainda mais o mistério, para se entrar no Café de São Bento tem de se tocar a uma campainha e mal entramos parece que somos transportados para um daqueles clubes de artistas do século dezanove.

 

O ambiente é intimista, as paredes são vermelhas e as duas salas que compõem este restaurante são iluminadas por pequenos candeeiros tornando o ambiente ainda mais aconchegante.

 

Com diversas entradas à disposição nós escolhemos os Camarões al ajillo e posso garantir-vos que estavam maravilhosos, já que os camarões eram grandes e o molho tinha o sei quê de picante. Provámos também o couvert composto por pão, manteiga e patê de paiola, algo que eu nunca tinha comida, mas que adorei.

 

Como os bifes são mesmo a especialidade deste Café decidi experimentar o Bife à Café de São Bento, um prato cuja receita tem mais de 35 anos e que é inspirada no bife à Marrare. Um bife suculento, tenro, envolto em molho e que acompanha com batatas fritas aos palitos. Para variar e porque à noite a minha mãe prefere pratos de peixe pedimos um Strudel de Bacalhau à Tribeca, isto é um folhado crocante com recheio cremoso de bacalhau e brunhesa de tomate e azeitonas, rúcula e vinagreta de xerez. Delicioso!

 

Acompanhámos também a nossa refeição com uma sangria de frutos vermelhos, que estava bem docinha tacl como eu gosto e para as sobremesas escolhemos um Carré 2 Chocolates Denegro (chocolate de leite e chocolate negro a 70% sobre biscoito de amêndoa e crocante de avelã), muito bom, mas demasiado pesado para comer depois de um bife. Ganhou então famosa Tarte Tatin de maça, com gelado de baunilha, uma tarte que posso dizer-vos que dá dez a zero a todas as que comi até hoje.

 

No final, descemos até ao bar e tomámos um chá de limão junto à sala que o Café chama de Júlio Pomar (a gerência adquiriu uma serigrafia para homenagear este artista), pois era lá que o ilustre pintor português (aproveitem para ver aqui a minha visita ao seu Atelier Museu)  costumava passar muitas das suas tardes.

 

Passando ao que interessa, isto é se gostei? Bem, adorei e tenho a certeza que se pudesse voltar atrás no tempo levaria lá o meu pai, pois este espaço está carregado de muita história e claro, boa comida!

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7180.jpg

Super exclusivo

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7106.jpg

Ambiente intmista

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7110.jpg

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7112.jpg

Uma sangria deliciosa

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7117.jpg

Camarões al ajillo

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7121.jpg

Couvert

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7129.jpg

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7130.jpg

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7135.jpg

Strudel de Bacalhau à Tribeca

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7140.jpg

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7142.jpg

Bife à Café de São Bento

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7150.jpg

Tarte Tatin

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7154.jpg

 Carré 2 Chocolates Denegro

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7161.jpg

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7164.jpg

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7166.jpg

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7168.jpg

A sala onde Júlio Pomar costumava ficar

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7169.jpg

 A serigrafia de Júlio Pomar

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7175.jpg

Restaurante_Cafe_de_Sao_Bento_Lisboa-7178.jpg

 

Café de São Bento Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Graziela

2 comentários

Comentar post