Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

My Cherry Lips

Um blog sobre moda, beleza e lifestyle, onde partilho convosco tudo o que gosto e que faz parte do meu dia a dia.

Seg | 08.10.18

Fui experimentar o serviço de threading da Wink

threading_wink_sobrancelhas-5817.jpg

Fotos: Graziela Costa e Jac

 

Não sei se isto acontece a muita gente ou se só eu que sou assim, mas eu tenho a mesma esteticista desde os 13 anos. Aliás, quando o meu pai faleceu no meio daquele turbilhão de emoções dei por mim a pensar "OMG um dia a Rosário (o nome da minha esteticista) também não vai estar cá".

 

A verdade é que eu sempre tive muitos complexos com o meu corpo, aliás todas nós quando vamos fazer a depilação sentimos-nos mais desconfortáveis. No entanto, a Rosário nunca olhou para mim de forma diferente gorda ou magra, como já me aconteceu em alguns estabelecimentos, sempre me tratou bem e sempre que vou a Seia dou lá um pulinho para tratar de mim e pôr a conversa em dia.

 

O problema foi quando fui de Erasmus (durante a faculdade ia todos os fins de semana a casa), pois fui obrigada a experimentar outros espaços sendo que, em alguns tive boas experiências noutros más. Depois disso vim viver para Lisboa e atualmente pouco vou a Seia (até porque se acompanham as minhas redes sociais já devem ter reparado que a minha mãe vem visitar-me muitas vezes). Assim, precisei de encontrar outras esteticistas suficientemente perfecionistas (a sério podia contar-vos cada episódio que dava quase um daqueles apanhados) e que não me custassem os olhos da cara.

 

No caso da depilação corporal acabei por começar a fazer a mim própria, mas as sobrancelhas não me arrisco. Até porque já vi amigas a aventurarem-se e fazerem asneiras, por isso tenho procurado algumas alternativas (eu costumava esperar até ir a Seia para arranjar as sobrancelhas, mas às vezes passava um mês outras vezes passam-se três e não é que eu fique como a Frida Khalo, mas não gosto muito de me ver assim). Nesse sentido experimentei cera e agora experimentei o serviço de threading  (uma técnica ancestral que consiste na utilização de um fio 100% de algodão para remover os pêlos indesejados temporariamente) da Wink.

 

A maioria de vocês já deve conhecer a Wink ou outras empresas do género, eu própria já havia experimentado serviços destes anteriormente, mas sempre em eventos. Ir a uma boutique é diferente porque mesmo sendo as sobrancelhas uma área sempre à vista ficamos vermelhas ou com a pele mais sensível e queremos o nosso quê de privacidade.

 

Eu experimentei a boutique Wink das Amoreiras e gostei muito. Primeiro porque foi fácil de marcar, segundo porque no dia foi só chegar e ser atendida e terceiro porque o resultado final foi o pretendido. Há a questão do preço ser 10.50 euros, mas no meu caso as sobrancelhas aguentaram bem cerca de um mês, por isso para quem não gosta de usar cera esta pode ser uma boa opção. 

 

Agora, deixo-vos algumas fotografias para verem o antes e depois.

threading_wink_sobrancelhas-5810.jpgthreading_wink_sobrancelhas-5808.jpg

Antes

threading_wink_sobrancelhas-5813.jpg

Durante

threading_wink_sobrancelhas-5819.jpg

threading_wink_sobrancelhas-5816.jpg

Mesmo no final

threading_wink_sobrancelhas-5818.jpg

Graziela